mudancas climaticas globais - Lafieco
Home / MudanÇas climÁticas Globais

O Lafieco e as MudanÇas climÁticas Globais

O LAFIECO foi fundado oficialmente em 2008, no Departamento de Botânica do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo como o primeiro laboratório brasileiro exclusivamente dedicado a estudos de respostas de plantas às Mudanças Climáticas Globais. O LAFIECO foi construído com financiamento de projetos provenientes do Ministério da Ciência e Tecnologia do Brasil e da Companhia Elétrica do Norte (Eletronorte). O LAFIECO derivou de uma iniciativa tomada no Instituto de Botânica de São Paulo (IBt), quando foram contruí­das as primeiras câmaras de topo aberto (OTCs, do inglês Open Top Chambers) e realizados os primeiros experimentos para compreender como as plantas alteram sua fotossíntese e crescimento frente ao aumento na concentração de CO2 atmosférico.
CO² Após a mudança do Prof. Marcos Buckeridge para o Departamento de Botânica do IB-USP, esta linha de pesquisa se tornou uma das principais de seu grupo e com isto foi feito um grande investimento em montar, a partir de uma antiga estufa de cultivo de plantas, um laboratório que permitisse cultivar as plantas não somente em elevado CO2, mas também em altas temperaturas. O resultado foi a montagem de um laboratório que tem características únicas, com um prédio todo envidraçado que tem o ar de uma estufa e segue a arquitetura da antiga estufa localizada no jardim do Departamento de Botânica.

As respostas ao aumento do CO2 atmosférico estão estreitamente relacionadas ao metabolismo do carbono nas plantas. Esta era uma situação muito apropriada para o grupo, que já trabalha há mais de 20 anos com o metabolismo de açúcares de plantas, desvendando diversas vias metabólicas em espécies brasileiras.
Em 2008, o grupo do LAFIECO organizou o primeiro livro sobre a Biologia e as Mudanças Climáticas no Brasil, que reúne capítulos de autores de todo o Brasil explicando os impactos na biologia como um todo.
No ano de 2010, o Prof. Buckeridge foi convidado a integrar o grupo de autores do relatório do Intergovernamental Panel of Climatic Changes (IPCC) e será um dos redatores do capítulo 27 que versa sobre os impactos das mudanças climáticas na America do Sul e Central.


Top